Siga-nos

Noticias

Riot sai na frente e projeta aumento de segurança do Vanguard no Windows 11

Riot Games já se adequou a uma nova funcionalidade encontrada no Windows 11 e aumentou a segurança do Vanguard

Com o objetivo de aumentar a segurança e a eficácia do anti-cheat, a Riot Games partiu na frente das demais desenvolvedoras e está dando mais um passo para tornar o Vanguard ainda mais operante na luta contra os trapaceiros de VALORANT. Isso porque a desenvolvedora começou a recorrer ao Trusted Platform Modules (TPM) 2.0 com jogadores que estão utilizando Windows 11.

A adaptação ao requisito vem junto com a chegada do sistema operacional mais moderno da Microsoft, onde o Windows já o utiliza como padrão. Os TPM funcionam como uma espécie de chips que vem nas placas-mãe mais recentes e atua como proteção a ataques maliciosos em potencial, protegendo-o contra dados em nível de hardware e software.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

“VALORANT começou a aplicar TPM e inicialização segura se você estiver jogando no Windows 11 para garantir uma plataforma confiável ao jogar. A equipe do Vanguard, mais uma vez, liderando a indústria anti-cheat na direção certa para integridade competitiva”, disse o página AntiCheatPD.

A execução do VALORANT em computadores que usam este tipo de comportamento torna a execução de programas de trapaça ainda mais difícil no Windows 11. Isso, somado com a alta capacidade do Vanguard de atuar no sistema operacional, promete dificultar ainda mais a vida dos trapaceiros que procuram formas de atrapalhar o jogo de outros jogadores.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais

Anúncio