Siga-nos

Noticias

Riot anuncia que Oceania está fora do Last Chance norte-americano devido restrições de viagem da Covid-19

Formato do LCQ mudará para ter assegurar apenas oito times

Na madrugada desta segunda-feira (4), a Riot Games comunicou que os times da Oceania que se classificaram para o Last Chance norte-americano via VALORANT Oceania Tour (VOT) não iriam mais participar da repescagem para o VALORANT Champions, o mundial da modalidade, surpreendendo assim grande parte da comunidade.

Segundo a desenvolvedora, a empresa trabalhou em conjunto com as organizações de ORDER e Chiefs para conseguir uma viagem segura para Los Angeles, nos EUA, onde a repescagem será disputada. Contudo, devido às restrições de viagens internacionais por conta da pandemia da Covid-19, a Riot não iria conseguir que os times viajassem, participassem do torneio e depois voltassem em segurança para casa. Dessa maneira, os dois times não irão mais participar do Last Chance.

“Antes da seletiva do Last Chance do NA/OCE temos trabalhado para garantir viagens de e para Los Angeles para ORDER e Chiefs Esports Club, as duas equipes classificatórias do VALORANT Oceania Tour. Devido aos regulamentos do Covid-19, problemas de documentação de viagem e fatores complexos adicionais, não pudemos garantir que essas equipes pudessem viajar, competir no evento e voltar para casa em um prazo razoável. Como resultado, ORDER e Chiefs não comparecerão à LCQ“, disse a empresa em comunicado

“Compartilhamos sua decepção com este resultado e trabalharemos para trazer de volta esta emocionante região VALORANT para eventos futuros. Agradecemos a cada equipe por esgotar todas as opções disponíveis na tentativa de atender. Ambas as organizações serão compensadas por este resultado infeliz e para reconhecer as fortes temporadas de ambas as equipes”, escreveu a Riot.

Em relação a saída das duas equipes, a ORDER e Chiefs soltaram juntos um comunicado sobre a ausência da Oceania no Last Chance. As duas organizações comentaram que “estão ansiosos ao diálogo aberto que agora temos com a Riot para melhorar as oportunidades para a região e criar um ecossistema estruturado com caminhos globais relevantes.”

Um dos jogadores da ORDER, Tyler “tucks” Reilly desabafou nas redes sociais após o comunicado das organizações. “Nunca me senti tão decepcionado e desanimado, para ser honesto. O tempo, esforço e dedicação dos meus companheiros de equipe para ESSE evento foi enorme. Para esse objetivo desaparecer sem que possamos nem mesmo ser capazes de competir é uma sensação horrível.”

Com a saída dos dois times, a Riot comunicou que o formato do Last Chance mudará para oito equipes apenas. Contudo, revelou que mais detalhes do formato serão revelados futuramente, junto do calendário.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

O Last Chance americano não é o único que sofreu baixas na lista de participantes. A repescagem voltada para o Sudeste asiático precisou passar por mudanças porque a ZETA Division optou por não jogar, enquanto os times que iriam representar a China deixaram o campeonato devido a alta latência para jogarem em outro servidor, o que afetaria a integridade competitiva da repescagem

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais

Anúncio