Siga-nos

B4 Angels

Noticias

Resumo: B4 Angels acaba com estreia do Cruzeiro e Havan Liberty derrota Griffos Starfire pelo Game Changers Series Brasil

B4 e Havan Liberty confirmaram as vitórias com 2 a 0 em ambos os jogos

Divulgação/B4

Resumo: B4 Angels acaba com estreia do Cruzeiro e Havan Liberty derrota Griffos Starfire pelo Game Changers Series Brasil

Dois confrontos agitaram o segundo dia de disputas no Game Changers Series Brasil #1. A B4 Angels acabou com a estreia do Cruzeiro no VALORANT, enquanto a Havan Liberty superou a Griffos Starfire.

+ Estatísticas, principais agentes e estrangeiras em alta: Confira curiosidades do Game Changers Series Brasil
+ Botafogo ingressará no VALORANT e quer estrear no Ultimasters AOC

A competição volta a ser disputada neste sábado (12) com jogos da repescagem dos perdedores nos dias iniciais. A Jaguares mede forças contra a Stars Horizon e o Cruzeiro enfrenta a Griffos Starfire; os perdedores estarão eliminados do Game Changers Series Brasil #1.

ADVERSÁRIO INDIGESTO NA ESTREIA DO CABULOSO

A primeira partida do dia contou com um ingrediente especial que foi a estreia do Cruzeiro no VALORANT. O clube mineiro adquiriu a escalação que atuava sob a tag Freezada, mas pegou uma das favoritas ao título da competição logo de cara.

A B4 Angels não deu chances para o Cabuloso. No primeiro mapa, disputado na Ascent, a equipe de Taynah “tayhuhu” Yukimi conseguiu levar a melhor em situações de clutch no começo do jogo, dando tranquilidade para a B4 abrir grande vantagem em 10 a 2. O Cruzeiro até venceu o pistol do segundo tempo, mas sucumbiu logo na sequência e não impediu a derrota por 13 a 3.

  • Mesmo ritmo na Icebox

Após vencer no mapa de escolha das adversárias, a B4 chegou confiante na Icebox. Apresentando um ritmo forte e dando muita bala, o ataque da Angels passou como um rolo compromessor na defesa do Cruzeiro.

Com 11 a 1 no placar, a B4 praticamente finalizou o mapa ao vencer o round pistol da segunda metade. O Cruzeiro não se deu por vencido, esboçou uma reação, mas nada para ameaçar a vitória da B4 por 13 a 5.

HAVAN LIBERTY COMEÇANDO COM O PÉ DIREITO

O segundo confronto do dia aconteceu entre Havan Liberty e Griffos Starfire, mas o primeiro mapa seguiu a mesma toada do jogo anterior. A HL concretizou a sua escolha (Ascent) sem muita resistência das adversárias.

Com um ataque dominante e ocupando de forma precisa o domínio de mapa, a HL conseguiu envolver a defesa da Griffos e marcar 11 pontos na primeira metade. Após a inversão de lados, a Griffos até chegou a conquistar o segundo pistol, mas a vitória ficou na conta da HL por 13 a 3.

  • Reação negada na Icebox

A Griffos escolheu a Icebox para buscar o empate na série. Diferentemente da Haven, a primeira metade apresentou um equilíbrio entre as duas organizações. Apesar do forte começo, a Griffos sofreu em rounds econõmicos da HL, que pegou a vitória parcial por 7 a 5.

Contudo, a Havan Liberty desencantou no segundo tempo. Com as jogadoras alternando as multikills nas rodadas, a HL apresentou boas defesas em ambos os spike sites, impedindo muitas vezes a spike de ir ao chão. No final, a Griffos não impediu nova derrota por 13 a 7.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Noticias