Siga-nos




Especial

Primeiro ano das franquias traz números sólidos na audiência do VALORANT

Maior pico de audiência de 2023 foi durante LOCK//IN São Paulo

O primeiro ano das franquias no VALORANT foi oficialmente finalizado no último sábado (26), após o título da Evil Geniuses no Champions 2023. Neste contexto, o VALORANT Zone fez um balanço geral da audiência do jogo no ano, tomando como base os dados do site Esports Charts.

Com o passar da temporada, ficou claro que o sistema de franquias estava repleto de falhas – não à toa é possível fazer um balanço de audiência ainda em agosto. Entretanto, o hype criado com a comunidade, de colocar os melhores times para disputar os maiores torneios, foi eficiente, pelo menos em termos de audiência.

Ano foi sólido, mas auge ficou em 2022

O primeiro ponto a se colocar é que 2023 foi um ano sólido de audiência para o VALORANT. As ligas regionais de franquias, bem como os principais eventos contaram com números consideráveis de pessoas assistindo.

Colin Young-Wolff/Riot Games

Entretanto, o auge da modalidade ainda ficou com o VCT Champions 2022. Na ocasião, o FPS da Riot Games quebrou seu recorde de pico de audiência ao colocar 1,505,804 pessoas assistindo simultaneamente à grande final entre LOUD e OpTiC.

Além disso, em números gerais, como média de espectadores e horas assistidas, o mundial do ano passado segue sendo o maior evento de VALORANT na história. Ainda assim, o Champions 2023 trouxe grande audiência desde a fase de grupos.

Começo e final de temporadas fortes

No fim de 2022, a Riot Games anunciava os times franqueados. A partir daquele momento, a janela de transferências mundial ficou uma loucura. Todas as equipes se reformularam e trouxeram elencos novos.

Neste contexto, o LOCK//IN São Paulo foi o palco de estreia dos principais times do mundo. A consequência foi uma audiência gigante, mesmo em um torneio com formato questionado pelos envolvidos. Aliás, o maior pico de audiência da temporada foi no campeonato realizado no Brasil.

Lance Skundrich/Riot Games

O LOCK//IN recebeu 1,444,670 pessoas assistindo simultaneamente a grande final entre LOUD e FNATIC. Além disso, o evento teve uma média de audiência de 432,597 pessoas. Foram mais de 44 milhões de horas assistidas e um início de temporada forte para o VALORANT.

O FPS da Riot Games também finalizou 2023 como começou, muito bem. Ainda que não tenha batido o recorde do ano passado, ou contado com um pico de audiência maior que o do LOCK//IN, o Champions 2023 trouxe números massivos para o game.

A final do torneio, entre Paper Rex e Evil Geniuses, contou com 1,291,045 pessoas assistindo simultaneamente em determinado momento. Além disso, o Champions finalizou com uma média de 491,683 espectadores. Por fim, foram mais de 53 milhões de horas assistidas no mundial.

Ainda que os números tenham sido inferiores ao campeonato de 2022, vale ressaltar que o Champions aconteceu em um momento crítico do jogo. Logo, a expectativa de muitos era que o torneio poderia decepcionar.

Efeito LOUD? Masters de Tóquio foi ponto baixo

Ao abordar os torneios internacionais, o ponto baixo de 2023 foi realmente o Masters Tokyo. Por ser um campeonato de meio de temporada, as equipes chegaram para a disputa após as finais das ligas regionais.

Em comparação com as edições anteriores, o campeonato do Japão performou um pouco melhor que o Masters Copenhagen, realizado no segundo semestre de 2022. Contudo, passou longe de se igualar com o Masters Reykjavík, realizado em abril do ano passado.

No torneio deste ano, o pico de audiência foi de 830,369 pessoas. Já a média de público foi de 338,447. Números sólidos, mas que decepcionaram, quando comparados com o campeonato internacional anterior, o LOCK//IN.

EDG foi a algoz da LOUD no Masters de Tóquio. Foto: Colin Young-Wolff/Riot Games

Para os brasileiros, talvez caiba um pouco de clubismo. Vale lembrar que a LOUD chegou com grande pompa, após vencer a Liga das Américas, mas decepcionou e foi embora cedo para casa com duas derrotas seguidas por 2×0.

Ligas regionais mostraram crescimento

Ao olhar os números das ligas regionais de franquia, todos os cenários cresceram em termos de audiência. No caso da região Pacífico, a evolução foi gigante e a liga alcançou um pico de audiência de 399,520, número muito maior que qualquer um dos torneios nacionais de 2022.

Colin Young-Wolff/Riot Games

No contexto geral, as Américas mostraram que são realmente o público dominante do VALORANT. A liga da região liderou em audiência e contou com um pico de 554,170 pessoas. Além disso, a média de expectadores, de 205,618, é praticamente o dobro da liga EMEA, a segunda colocada no quesito.

Anúncio

Veja mais