Siga-nos

Noticias

Pré-jogo: Gamelanders busca o bicampeonato da Aorus League contra SQUAD5

Tudo sobre as duas equipes finalistas

Arte por VALORANT Zone

Pré-jogo: Gamelanders busca o bicampeonato da Aorus League contra SQUAD5

Mais um importante para o cenário de VALORANT brasileiro chega ao fim nesta sexta-feira (19). Trata-se da Aorus League 3, que terá a final protagonizada por Gamelanders e SQUAD5 a partir das 20h (de Brasília).

Como parte da cobertura do torneio promovida pela VALORANT Zone, a reportagem preparou um pré-jogo com as principais informações sobre as duas equipes.

AS EQUIPES

A Gamelanders foi a equipe que dominou o cenário nacional em 2020 ao conseguir sete títulos em sete finais disputadas, incluindo a da primeira edição da Aorus League e dois torneios chancelados pela Riot Games: Gamers Club Ultimate 1 e First Strike.

A equipe é formada por quatro jogadores que, no Point Blank, levaram o Brasil ao degrau mais alto do mundo, e Leonardo “mwzera” Serrati, um atleta “achado” no Zula, mas que no FPS da Riot chegou explodindo a ponto de fechar a última temporada sendo eleito pelo VZone como o melhor no Brasil.

Trata-se da primeira final do time em 2021, temporada na qual começou de forma lenta e sendo surrependido pela FURIA na seletiva para a 1ª fase do VALORANT Challengers Brasil (VCB). Contudo, passado o torneio o time engrenou e voltou a fazer bons jogos, como por exemplo no VCB #2 e na própria Aorus.

VALORANT
First Strike foi um dos títulos em 2020 | Foto: Rodrigo Alvares/Riot Games

A SQUAD5 é uma equipe que surgiu neste ano trazendo nomes de Point Blank e Counter-Strike, como Wallacy “prozin” Sales e Matheus “fraSAN” de Almeida, respectivamente.

O início do time na temporada foi bastante promissor, com a equipe sendo uma das surpresas na seletiva para o VCB #1 e, pouco antes de começar o torneio, emplacando o título da Chroma Cup.

Depois disso, o time não conseguiu retornar para a disputa o segundo Challengers já que foi derrotado na seletiva para a própria Gamelanders. Além disso, um dos jogadores do time, Michel “fooX” Felype, deixou a escalação, dando lugar a Winicius “light” César.

fra é o líder da SQUAD5 | Foto: Rafael Veiga/DRAFT5

CAMPANHAS

Coincidentemente, as duas equipes iniciaram na Aorus League #3 no mesmo grupo, mas acabaram não se enfrentando. Gamelanders está invicta na competição, enquanto SQUAD5 perdeu logo na estreia, conseguindo se recuperar na sequência.

FaseGamelandersSQUAD5
Grupo A – R113:07 vs Vivo Keyd – Haven02:13 vs Imperial – Bind
Grupo A – R213:08 vs Imperial – Icebox13:06 vs Keyd – Haven
Grupo A – R3Não precisou jogar02:00 vs Imperial
13:10 – Bind
13:09 – Ascent
Semifinal02:00 vs SLICK
13:04 – Bind
13:06 – Split
02:00 vs Havan
13:07 – Haven
14:12 – Bind

DESTAQUES

Eleito pelo VALORANT Zone como o segundo melhor jogador no Brasil em 2020, Walney “Jonn” Reis é o grande destaque da Gamelanders na Aorus por liderar todas as estatísticas da competição.

A pontuação média de combate (ACS) do jogador é de incríveis 342.3, sendo Jonn o único acima dos 300. Com 92 eliminações e 51 mortes, conseguiu um KD de 1.80, enquanto as médias de dano e abates por round são, respectivamente, 206.4 e 1.19. Os números são do vlr.

Dos cinco mapas presentes no VALORANT atualmente, a Gamelanders usou quatro na competição: Haven, Icebox, Bind e Split. Ascent foi o único no qual fez uma apresentação. Historicamente, o melhor aproveitamento do time é na Bind com 91% de vitória, enquanto na Haven só teve 71% de triunfos

Raze e Omen foram os únicos agentes que apareceram em todas as partidas da Gamelanders nesse torneio. Cypher e Sova foram escolhidos em três dos quatro jogos, enquanto Jett (2), Sage (2) e Breach completaram.

GamelandersACSKDMédia danoMédia abates
Jonn342.31.80206.41.19
mwzera277.81.51178.61
fznn197.31.391170.69
JhoW182.81.06108.40.66
Nyang178.81.14109.90.65

Assim como em outros torneios, como no próprio Chroma Cup, no qual foi eleito MVP pelo VZone, prozin vem sendo o destaque da SQUAD5 na Aorus League #3.

O jogador detém a quarta maior pontuação média de combate da competição com 260.8. prozin sobe no “ranking” quando o assunto é KD, o qual tem o terceiro melhor: 1.39 após 115 abates e 83 mortes. Já a média de dano por round é 161 e a de abates é 0.92.

Bind foi o mapa no qual a SQUAD5 mais fez apresentações no torneio: são duas vitórias e uma derrota. A equipe jogou também duas vezes na Haven e uma Ascent, todas com triunfos. No geral, o melhor aproveitamento do time está na Haven, com 88% de vitória, enquanto na Bind são 43% de vitórias.

Na Aorus, a SQUAD5 mostrou duas composições, mas elas possuindo algumas variações. A pprimeira é formada Sova, Omen, Jett – esses três sendo a base de todas -, Cypher e Phoenix, os quais dão lugar a Killjoy e Jett. Raze também pode ser uma escolha do time.

SQUAD5ACSKDMédia danoMédia abates
prozin260.81.391610.92
gaabx239.71.22147.70.88
deNaro205.31.04131.90.65
light196.71.07132.50.70
fra169.70.90105.70.58

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Noticias