Siga-nos

Noticias

Parada técnica revolta comunidade brasileira: “Se esse pause aí não foi quebra de ritmo eu sou um ventilador”

Jogadores americanos justificaram a parada

A partida entre FURIA Esports e Sentinels aparentemente acabou apenas no servidor. Após o confronto, a comunidade brasileira foi em peso questionar a parada técnica no melhor momento dos Panteras durante a Haven, o último mapa da série. A equipe havia emplacado cinco rounds seguidos e tinha expectativa de levar o jogo para a prorrogação.

Entretanto, inesperadamente uma parada técnica aconteceu, inclusive com Shahzeb “ShahZaM” Khan saindo do palco, o que teoricamente não é permitido. Apesar das explicações posteriores, as reclamações persistiram. Confira as mensagens:

O treinador da Havan Liberty, Ricardo “rik” Furquim afirmou que durante o Masters Berlin não foi permitido um jogador dele ir ao banheiro durante uma parada técnica.

Victor “broukz” Luiz, analista e manager da B4 Esports explica que uma parada técnica quebra o ritmo da equipe.

A organização americana aproveitou para brincar com o público brasileiro. Mas a resposta da FURIA foi a altura: “não é fácil escrever isso direito com as mãos tremendo“. Confira:

Justificava para o pause

Após uma onda de ofensas, os jogadores da Sentinels foram as redes sociais explicarem o problema. Segundo ShahZaM, a parada foi uma iniciativa da Riot Games para verificar um possível “exploit” usado pela FURIA.

“Estou recebendo muito ódio sobre a pausa técnica. A Riot fez uma pausa para investigar um potencial “exploit” que a FURIA fez, dissemos que não nos importávamos e queríamos apenas jogar. Só pedi para fazer xixi já que estava demorando muito”, disse.

Ao ser questionado sobre a ida no banheiro, ele afirmou que em outros eventos foi proibido. Entretanto, desta vez o permitiram.

Lembro-me de ter sido negado na Islândia também, mas eu perguntei e eles disseram que sim. Ainda estávamos esperando o Riot recomeçar por um tempo depois que eu voltei“, completou.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais