Siga-nos

Noticias

Jogadora da KLG desabafa sobre atraso nos salários e falta de apoio da organização

Chilena revelou que organização não quis ajudar os jogadores a tirar o passaporte

Reprodução/Instagram/conir

Jogadora da KLG desabafa sobre atraso nos salários e falta de apoio da organização

Dois dias após conseguir uma vaga para a fase final do VALORANT Challengers válido pelo servidor sul latino-americano, a jogadora Constanza “c0nir” Reyes foi as redes sociais desabafar sobre a situação do time com a Kaos Latin Gamers (KLG), organização que vem defendendo há duas semanas.

No Twitter, a chilena revelou que a equipe está com um mês de salário atrasado e que a organização não se propôs a ajudar os jogadores a conseguirem o visto, algo que a Riot Games e a GGTech pediram, para caso a KLG avançe para a final da região.

“O assunto é o seguinte, os caras da KLG estão devendo o salário há 1 mês, mas eles ainda decidiram jogar, agora que nos classificamos para os playoffs com opções de viajar para o México, Riot e GGTech nos pediram passaportes até data, que apenas 3 jogadores da equipe têm. A KLG se recusou a pagar nossos passaportes, eles se recusaram a contribuir com 50% dos passaportes. Pedimos a eles que nos dessem a vaga de playoff, para jogarmos em nome de outra organização (nós até pensamos em jogar sem org), a vaga é perdida se KLG não reter 3 dos jogadores que jogaram o desafiante, eles não querem abrir mão, eles preferem perder a vaga ao invés de ceder para nós. Sem palavras”.

TwitLonger. Foto: Reprodução/c0nir

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Até o momento desta publicação, a KLG não se manifestou sobre o desabafo da jogadora e sobre a atrasa nos salários. Fãs e jogadores do cenário competitivo brasileiro, como a chilena da Gamelanders Purple, Paula “bstrdd” Naguil foram demonstrar apoio a c0nir e se mostraram indignados com a situação.

Em um programa na Twitch, chamado de “Quebrando la Escena“, dois ex-membros da comissão técnica da KLG, Jorge “Ragu” Carreño e Felipe “Helior” Pastenes denunciaram uma série de promessas não cumpridas pela SiempreGames, agência que cuida da administração e controle da KLG. Segundo os ex-membros, a organização sofria com falta de equipamentos, viagens, falta de pagamento.

Ajude a Gamers Club no desenvolvimento da comunidade respondendo a nossa pesquisa clicando aqui.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Noticias