Siga-nos




Especial

GC Championship 2023: BBL Queen não chega como favorita, mas pode fazer história

Escalação turca teve bom desempenho no GC EMEA e pode surpreender no Brasil

O Game Changers Championship 2023 começa no dia 28 de novembro e vai agitar o cenário inclusivo de VALORANT. O campeonato reúne as oito melhores equipes de cada região, que brigam pelo título até o dia 3 de dezembro.

Representante da Turquia, a BBL Queens teve um bom desempenho no Game Changers EMEA ao longo do ano. O VALORANT Zone conta um pouco mais da história da equipe, que não entra como favorita, mas está pronta pra fazer história.

Escalação

A escalação da BBL Queens é formada somente por jogadoras da Turquia. A base da equipe está junta deste o ano passado. Nesta temporada, o time trocou duas peças, mantendo sempre o entrosamento dentro do servidor.

Turkey Nur “Eva” Çakır
Turkey Aleyna “Vania” Keskin 
Turkey Azra “alkyia” Erin
Turkey Zehra “Felipa” Durak
Turkey Gülce “Wens” Sürmeli 

Turkey Zeynep “Ritha” Sualp (reserva)
Turkey Melih “Meseka” Kaya (coach)

Reprodução/BBL

Caminho da BBL Queens ao Championship

Ao longo deste ano, a BBL Queens teve um bom desempenho no Game Changers EMEA, mas não somou pontos suficientes para garantir vaga no Championship através dos Pontos de Circuito. Na primeira etapa, ficou em segundo lugar, atrás somente da G2 Gozen.

No segundo campeonato do EMEA, a BBL Queens caiu na segunda rodada dos playoffs, deixando suas chances de ir ao Mundial pelos Pontos de Circuito praticamente nulas. Mas, na terceira e última etapa do EMEA, a equipe fez mágica.

Vale lembrar que quando o Game Changers EMEA Stage 3 começou, a G2 Gozen já estava praticamente classificada para o Championship, por conta dos dois títulos nas etapas anteriores. Sendo assim, quem quisesse vir ao Brasil para o Mundial precisava levantar o troféu da terceira etapa.

Logo na fase de grupos do Stage 3, a BBL Queens mostrou que não ia ser fácil tirar sua vaga do Championship. A equipe venceu as sete partidas que disputou e foi aos playoffs como uma das favoritas ao título.

Na fase eliminatória, passou por NASR Ignite e Falcons Vega para chegar à grande final. Na decisão do campeonato, desbancou a Acend Rising, outra grande favorita ao título, e ficou com a vaga para o Mundial.

BBL Queens no Mundial

A BBL Queens não chega ao Brasil como uma das favoritas ao título do Game Changers Championship, uma vez que G2 Gozen, Shopify Rebellion e Team Liquid estão um pouco a frente da equipe em termos de habilidade e experiência.

Apesar disso, o que a BBL Queens mostrou principalmente na última etapa do Game Changers EMEA deixa os torcedores da equipe otimistas. O time turco mostrou que não se intimida com equipes favoritas e pode surpreender bastante no Brasil.

Destaque e estatísticas

Aleyna “Vania” Keskin foi a principal jogadora da BBL Queens ao longo da temporada. Seu desempenho nas três etapas do Game Changers EMEA surpreende muito. Na primeira, a jogadora terminou com 1.39 de rating.

Na segunda e na terceira etapa, Vania finalizou com 1.36 e 1.37 de rating, respectivamente, liderando as estatísticas nos dois campeonatos. A jogadora faz a função de controladora da equipe, o que deixa os seus números ainda mais surpreendentes.

Em relação aos mapas, a BBL Queens possui um bom aproveitamento em vários cenários. Haven e Split são os seus melhores, com 94% e 92% de aproveitamento, respectivamente. Na sequência, a equipe possui bom aproveitamento na Pearl, com 86% de aproveitamento ao longo do ano.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Anúncio

Veja mais