Siga-nos

Noticias

No Brasil, VALORANT Challengers serão disputados presencialmente

Desenvolvedora anunciou circuito nesta terça-feira (24)

Divulgação/Riot Games

No Brasil, VALORANT Challengers serão disputados presencialmente

Após anunciar o circuito global de VALORANT, na segunda-feira (24), a Riot Games deu maiores detalhes de como o VALORANT Champions Tour 2021 funcionará no Brasil. Serão três VALORANT Challengers por ano e todos eles sendo disputados presencialmente no estúdio em São Paulo.

De acordo com a desevolvedora, os oito times que vão disputar o torneio serão escolhidos por meio de seletivas abertas, que serão disputadas pela internet e sem transmissão. O Challengers terá duração de seis semanas.

A Riot afirmou que, das oito equipes que vão disputar a primeira etapa, as quatro avançam para a segunda etapa, enquanto os quatro piores voltam para as seletivas, mas em seeds prioritários.

Já da segunda para a terceira e última etapa, os quatro melhores times vão para o VALORANT Masters e os quatro últimos garantem vaga no próximo Challenger, que contará com uma classificatória que dará quatro vagas para o torneio. Do terceiro Challenger sairão os quatro últimos classificados para o Masters, de acordo com a empresa.

A Riot lembra que o Brasil terá duas vagas no VALORANT Champions, o Mundial de 2021, mas que o país pode ter um terceiro representante via a Last Chance, a seletiva que também contará com a participação de times da América do Sul.

O CIRCUITO

Denominado como VALORANT Champions Tour 2021, o circuito terá como foco fomentar o cenário do FPS. A competição terá três “níveis”, sendo eles a Challengers, Masters e Champions.

A princípio, o Challengers será focado regionalmente e organizado pela Riot em conjunto com organizadoras regionais, como as empresas que geriram o First Strike. O torneio contará com as oito melhores equipes do país e perdurará por seis semanas.

Este torneio terá seletivas abertas e premiará os dois melhores times do Brasil com vaga na Masters. Veja abaixo a distribuição de vagas:

Distribuição de vagas. Divulgação/Riot Games

A Masters reunirá as 16 melhores equipes do mundo, possuindo três edições durante a temporada: a primeira em março, a segunda em junho e a última em setembro. A competição dará pontos para o classificatório do VALORANT Champions, torneio mais importante do ano.

De acordo com a Riot Games, enquanto a pandemia do novo coronavírus perdurar, a Masters será limitada a eventos locais, assim como está acontecendo com o First Strike. Caso isso aconteça, será utilizado os oitos times das finais da Challenger.

O campeão do último Masters ganhará automaticamente a vaga no VALORANT Champions.

Sistema do Champions. Divulgação/Riot Games

Ademais, para os times não classificados haverá uma espécie de repescagem, chamado de ”Last Chance”, distribuindo até quatro vagas. O Brasil disputará este torneio contra a América Latina.

Detalhes específicos sobre o sistema de pontos e premiação da Masters serão revelados posteriormente pela desenvolvedora.

Com isso, a temporada será finalizada com o VALORANT Champions, este que a Riot alegou ser considerado como o “Worlds” do League of Legends. A competição durará duas semanas e contará com os 16 melhores times do mundo.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Noticias