"
Siga-nos

Especial

“Bem no começo do VALORANT eu senti vontade de ser jogador profissional”, revela Rakin

Streamer realizará junto do Mentora uma Copa voltada para a comunidade

Streamer da Team Liquid e ex-jogador de League of Legends, Rafael “Rakin” Knittel foi um dos primeiros entusiastas do VALORANT quando o jogo estava em fase de beta fechado em 2020. O brasileiro que hoje já realizou diversas Copa Rakin junto da Final Level, se juntou o Mentora para montar um campeonato voltado para a comunidade. Em entrevista ao VALORANT Zone, o criador de conteúdo comentou sobre novas edições, possibilidade se voltar ao competitivo e mais.

O FPS da Riot Games teve um período de beta fechado e para os jogadores conseguirem participar, precisavam assistir streamers selecionados até conseguirem a key (código de chave) para terem acesso. Rakin era um dos streamers nessa lista, um dos primeiros a transmitir o jogo, o atleta que já se consolidou no cenário brasileiro de LoL, comentou a chance de se tornar profissional no VALORANT.

“Sendo sincero, bem no começo do VALORANT eu senti vontade de ser jogador profissional. Mas hoje já tenho muita coisa que não iriam conciliar bem com uma rotina de jogador profissional. Para chegar ao nível dos maiores, é necessário treinar e viver o jogo todo dia desde o momento que você acorda até o momento de dormir, e acho que essa rotina é algo que não consigo mais seguir! Mas com certeza no comecinho deu aquele gostinho competitivo.”

Divulgação/Mentora

O VALORANT Zone irá sortear dois ingressos para o LCQ em São Paulo

Apesar de ter ficado próximo do VALORANT no lançamento, Rakin traz uma variedade de jogos nas transmissões como Lost Ark, GTA 5, Teamfight Tactics e entre outros. Mesmo um pouco distante, o streamer realizou torneios em 2020 e 2021 junto da Final Level. A Copa Rakin se tornou um sucesso rapidamente e o influenciador revelou de onde vem o desejo de sempre se manter próximo da comunidade do FPS.

“Eu acho que esse desejo vem muito pelo fato de eu ter sido jogador competitivo e gostar de ainda fazer parte do cenário de uma forma diferente. Na minha época existiam diversos campeonatos que foram porta de entrada para eu me tornar um jogador profissional de League of Legends, então gosto de retribuir e fazer o mesmo por futuros jogadores profissionais hoje.”

Em 2021, a Copa Rakin teve três edições, mas em 2022 ainda não houve uma sinalização de que o torneio voltaria à acontecer. Junto do Mentora, uma startup, blockchain gamer community, o brasileiro está realizando a primeira edição do torneio que, dessa vez, é voltado para a comunidade amadora. Sobre estar de volta ao competitivo em uma nova área, Rakin não escondeu a saudade.

“É uma sensação muito gratificante, já que movimentei o cenário competitivo de VALORANT bem no começo e até hoje continuo participando disso. Eu curto muito engajar a comunidade e realizar eventos, então fazer mais um com uma parceria incrível com o Mentora é bem legal.”

O CEO do Mentora, Pedro Félix falou sobre a parceria com Rakin e como surgiu a ideia de produzir um campeonato amador ao invés de algo focado na área profissional, os quais os times já estão formados.

“O Mentora realizou uma campanha extremamente bem sucedida em maio deste ano com o Rakin e, agora, em uma iniciativa aberta ao público gamer, queremos proporcionar a experiência real de jogar o que gostamos e ganhar $$, afinal é o nosso propósito no Mentora. E o mais legal é que é democrático, para todos os elos do ferro ao radiante, todos podem ganhar.  Escolhemos o VALORANT para iniciar a nossa Copa Mentora por ser um jogo recente, competitivo que adquiriu muitos fãs rapidamente. A cara do Mentora.”

Sobre a possibilidade de realizar um campeonato para o cenário feminino e não-binário, Félix pontuou que a diversidade é um valor prioritário para o Mentora. “Temos em vista sim a criação de novos campeonatos, no Mentora, a proposta é que toda a comunidade ganhe dinheiro com os melhores jogos do mercado, sejam eles gamers, fãs ou streamers.” 

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais