Siga-nos




Noticias

VALORANT vence melhor jogo competitivo e Riot Games leva dois prêmios no Esports Awards 2021

Empresa disputou o prêmio na categoria “Melhor Jogo Competitivo”, com VALORANT e League of Legends

Riot Games, empresa desenvolvedora de VALORANT, venceu nesta sexta-feira (19) dois prêmios no Esports Awards nas categorias: Transmissão de esports e Publisher do ano. Já o FPS da desenvolvedora conquistou, no sábado (20), a premiação na classe Melhor Jogo Competitivos do Ano.

O VALORANT, jogo mais “jovem” entre os competidores, desbancou games tradicionais como: Free Fire, CS:GO, Call of Duty, Dota 2, PUBG Mobile, Rocket League, Raibow Six e Overwatch. Já a gratificação para a Riot Games foi devido, principalmente, pela cobertura realizada pela empresa em campeonatos envolvendo seus principais produtos, além de todo trabalho desenvolvido em volta de jogos como: VALORANT, Wild Rift, Team Fight Tatics (TFT), Legends of Runeterra e League of Legends (LoL).

Considerando apenas VALORANT no ano de 2021, até o momento cerca de cinco competições oficiais aconteceram com a cobertura da Riot Games. Ao todo foram oito regiões, o que dá por volta de 40 campeonatos distribuídos em vinte países. O mundial do FPS, que acontecerá em dezembro, terá transmissão oficial em 16 idiomas, além de estar disponível praticamente no mundo inteiro.

Além de seus principais jogos, a Riot também mantém cobertura completa em franquias relacionadas a League of Legends, como: Wild Rift, Team Fight Tatics e Legends of Runeterra. A empresa ainda foi representada na categoria “Melhor jogo competitivo do ano” com dois de seus produtos: LoL e VALORANT.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Os premiados em todas as categorias foram:

  • Organização do ano: 100 Thieves
  • Time do ano: Atlanta FaZe
  • Streamer do ano: Ibai “Ibai” Llanos
  • Personalidade do ano: Bruno “Nobru” Goes
  • Jogada do ano: Jake “Virtue”
  • Jogador de PC do ano: Oleksandr “s1mple” Kostyliev
  • Jogador de Joystick do ano: Chris “Simp” Lehr
  • Caster do ano: Miles Ross
  • Revelação do ano no PC: Valerii “b1t”
  • Revelação do ano no Joystick: Evan “M0nkey M00n”
  • Coach do ano: Moon “Moon’” Byung-chul
  • Jogador Mobile do ano: Zhu “Paraboy” Bocheng
  • Host do ano: Eefje “sjokz”
  • Jornalista do ano: Kevin Hitt
  • Embaixador Colegial do ano: Chris “Doc” Haskell
  • Jogo do ano: VALORANT
  • Time de produção de vídeo do ano: G2 Esports
  • Diretor criativo do ano: Thorsten Denk
  • Publisher do ano: Riot Games
  • Serviço de apoio aos Esports do ano: Discord
  • Jogo Mobile do ano: Free Fire
  • Criador de conteúdo do ano: Ashley Kang
  • Série do ano nos Esports: Metagame
  • Analista do ano: Marc Robert “Caedral”
  • Provedor de Hardware do ano: Corsair
  • Projeto criativo do ano: No Clue | Parceria da Adidas com a G2 Esports
  • Vestuário do ano: 100 Thieves
  • Cosplayer do ano: Peyton Cosplay
  • Foto do ano: Eric Ananmalay
  • Cosplayer do ano: Peyton Cosplay
  • Time criativo do ano: Alex Productions (Equipe do Dr Disrespect)
  • Programa colegial de Esports do ano: Maryville University
  • Plataforma de cobertura de Esports do ano: The Esports Observer
  • Time de produção e transmissão do ano: Riot Games
  • Parceiro comercial dos Esports do ano: Intel

Anúncio

Veja mais