Siga-nos

Especial

Time feminino da FURIA no CS cogitou competir no VALORANT: “Não foi para frente”

@segallafps falou um pouco após o título da GC Masters feminina

Se no VALORANT é a Gamelanders Purple que vem dominando o cenário feminino brasileiro, no Counter-Strike a equipe mais vitoriosa nos últimos dois anos é a FURIA. E, na coletiva pós-título da Gamers Club Masters IV, o treinador Lucas “segalla” Mancini revelou que a equipe chegou a conversar de sobre competir no VALORANT.

De acordo com o comandante, a equipe conversou sobre fazer algo igual a Dignitas, que no começo cogitou jogar as duas modalidades ao mesmo tempo, mas que a ideia não foi muito para frente.

Logo quando eu entrei, depois que a gente foi campeão da Grrrls League #2, a gente trocou essa ideia ‘será que dá ou será que não dá’. Com a saída da Gabs, que foi planejada, e a entrada da olga e com a minha, a gente deu uma desistida. Chegamos a conversas, mas não foi muito para frente. Mas rolou, sim, a troca de ideia, só que a gente desistiu rápido. Não foi algo que foi pra frente“, esclareceu.

A FURIA começou a investir no cenário feminino em janeiro do ano passado, quando assinou com o antigo elenco da Vivo Keyd. Desde então, o time conquistou, praticamente, todos os campeonatos que disputou como três edições da Gamers Club Masters IV, Grrrls League, BGS, Série Feminina da Gamers Club e WESG.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais

Anúncio