Siga-nos

Noticias

Riot volta adiar confrontos do LCQ americano devido problemas relacionados ao Covid-19

Partidas do dia foram adiadas

O Last Chance norte-americano teve mais confrontos adiados pela Riot Games, sendo estes os que estavam previstos para esta quinta-feira (14). Em comunicado, a empresa disse que tomou tal decisal para continuar “trabalhando para implementar soluções que permitiram o LCQ continuar com segurança e sem comprometer a integridade competitiva”.

O primeiro adiamento aconteceu nessa quarta-feira (13), após uma série de testes de Covid-19 com resultados inconclusivos ou positivos, a Riot Games decidiu por adiar o Last Chance norte-americano por um dia. A decisão foi tomada após o caso envolvendo jogadores da FaZe Clan serem revelados nesta quarta-feira (13).

A Riot soltou um comunicado afirmando que as partidas previstas para esta quarta foram adiadas. “A saúde e a segurança de todos os envolvidos com a LCQ são nossa maior prioridade. Todos os jogadores e funcionários participantes da LCQ foram – e continuam a ser – testados para COVID-19 – de acordo com as diretrizes de saúde da Riot Games e do Condado de LA para eventos presenciais. Depois de receber vários resultados de teste conflitantes, em abundância de cautela, decidimos pausar a competição de hoje enquanto avaliamos como retomar com segurança o LCQ.”

Anteriormente, o confronto entre FaZe e Rise acabou sofrendo um grande atraso porque, segundo relato dos atletas, nenhuma jogador da FaZe iria jogar no palco principal do evento porque alguns integrantes deste time testaram positivo para o novo coronavírus, fazendo assim com que o elenco fosse isolado.

O atleta Ryan “Shanks” Ngo da Rise, que recebeu o resultado do primeiro teste deu como positivo, está isolado no quarto do hotel em Los Angeles para cumprir a quarentena obrigatória por ordem do governo da Califórnia. Já os jogadores da FaZe, dois deles tiveram resultado positivo horas antes da partida, Andrej “babybay” Francisty e Corey “corey” Nigra. Contudo, nenhum deles será obrigado a fazer quarentena no hotel, segundo relatos dos jogadores da Rise.

A decisão revoltou os jogadores da Rise, que teriam que jogar no palco com PC inferiores aos que os jogadores da Faze Clan tem. Além disso, apenas dois atletas tiveram resultado positivo e todos os cinco jogariam do office. O host do Esports Talk, Jake Lucky comentou a situação no Twitter.

“Então, 2 profissionais da FaZe testaram positivo, Babybay e Corey, a Riot quer que a FaZe jogue do office com seus PCs de ponta. Enquanto isso, Rise terá que tocar em PCs do estúdio da Riot (não tão bons). Também não estou culpando os jogadores da Faze, nunca vi tantos testes falsos positivos, jogadores de 3 times já os tiveram.”

O jogador da Rise, Derrek “Derrek” Ha comentou através das redes sociais sobre a situação. “Nada contra os caras da Faze, mas isso é meio f###, nenhum deles está jogando no palco e podem ir para casa jogar nos PCs da NASA enquanto APENAS 4 jogadores da Rise estão no palco da LCS? (Apenas 2 membros da Faze testaram positivo).”

O atleta da Faze, corey respondeu Derrek no Twitter e comentou que todos os jogadores queriam jogar no palco. “Já fizemos vários testes e o resultado foi negativo. É inevitável que as pessoas tenham testes falsos positivos com a quantidade de vezes que temos que fazer o teste secreto. Literalmente acabei de receber meu segundo teste de volta e é negativo”.

Após receber o segundo resultado como negativo, babybay foi mais um jogador que desabafou nas redes sociais sobre a situação. “Estou totalmente vacinado. Testei negativo vários dias consecutivos. Testei positivo e negativo 10 minutos depois. Não poder jogar no palco e precisa ficar em quarentena? As leis da COVID-19 de LA são bem diferentes.”

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Veja mais

Anúncio