"
Siga-nos

Noticias

Riot Games proibiu fusão entre duas organizações para 2023, diz site

Clubes parceiros da Liga Pacífico tentaram fechar parceria, mas Riot vetou

A Riot Games vetou fusão entre duas equipes para o VALORANT Champions Tour (VCT) em 2023, de acordo com o Dexerto. Os clube seriam Global Esports e Bleed eSports, que foram aceitos na parceria de sistema de franquias para a Liga Pacífico.

Segundo a reportagem, as duas organizações estavam discutindo a possibilidade de se unirem e disputarem o VCT sob a tag “GE BLEED”. O site revelou que segundo fontes próximas, a parceria girava em torno de US$ 6 milhões (R$ 32 milhões).

A negociação logo foi encerrada após a Riot Games revelar que não era permitido e ia contra as regras a fusão entre organizações para o novo sistema de franquias em 2023. A desenvolvedora também vai impor regulamentos rígidos para evitar possíveis conflitos de interesse, assim também terá a palavra final sobre a fusão e parcerias entre organizações.

Em conversa ao site, cofundador e CEO da Global Esports, Rushindra Sinha comentou que, “não posso falar sobre nenhum acordo ou discussão em andamento, mas há algumas discussões interessantes. Ficaremos felizes em compartilhar detalhes quando algo se materializar“. De acordo com o Dexerto, a organização segue na procura de uma nova parceria.

Em 2021, as organizações Havan Liberty e Vorax se fundiram, tanto no League of Legends quanto no VALORANT. Com a unificação, o nome passou a ficar Vorax Liberty por alguns meses, até virar totalmente Liberty Esports. Para evitar conflitos, o time de FPS da Vorax foi dispensado, enquanto o da Liberty representou a nova tag.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais