Siga-nos

Noticias

Profissional de VALORANT se refere a jogadores da NIP como “negros burros”

Jogador foi temporariamente afastado do time após repercussão

O jogador profissional de VALORANT, Kamil “kamo” Frackowiak, foi acusado por sua ex-namorada de ter atitudes extremamente racistas, sexistas e por pedir fotos íntimas para ela quando menor de idade. Na publicação deste domingo (19) também é possível ver o pro player chamando os jogadores da Ninjas in Pyjamas de “macacos” e “negros burros pra caralho”. Kamo atualmente representa a equipe NOM eSports, de Israel.

“Não tenho certeza de como compilar isso. Sinto muito se algo não faz sentido para você, inglês não é minha língua nativa. Esta sequência é sobre “kamoyeess” que joga profissionalmente para a “NOM_Esports”. Ele é extremamente racista, sexista e me pressionou a mandar nudes quando eu tinha 14 anos.”

Na sequência de publicação feita por “flowsvlr”, é possível ver diversas capturas de tela onde o jogador é extremamente agressivo, utilizando palavras ofensivas. Além disso, Kamo também fez comentários racistas sobre os jogadores da NIP, após participar de um treino contra eles.

“Jogador brasileiro, negro burro pra caralho, macaco”.

Jogadores e organização respondem

Outros jogadores profissionais e streamers que foram ofendidos por kamo interagiram com a publicação. Nikita “Derke” Sirmitev, jogador da FNATIC, disse o seguinte “espero que nós não te vejamos, palhaço, se divirta desinstalando“.

Já Gustavo “Sacy” Rossi, jogador da LOUD, também se pronunciou na publicação em respeito aos jogadores da NIP “pro player da europa tomando exposed e vejo isso aqui falando dos caras da nip, wtf????????“.

A organização do jogador, NOM eSports, se pronunciou rapidamente em sua rede social dizendo que o jogador está suspenso do time enquanto uma investigação é feita.

“Estamos cientes da situação com um de nossos jogadores de VALORANT, Kamil “kamo” Frackowiak. De imediato, Frackowiak está suspenso da equipe enquanto iniciamos uma investigação. Teremos atualizações o mais rápido possível”

Kamo se defendeu após acusações racistas

O jogador polonês soltou uma nota onde pede desculpas pelas suas palavras e também as pessoas que ele ofendeu. Além disso, Kamo fez uma sequência de postagens onde se defende e acusa a ex-namorada, “flows”, de racismo.

Eu estive nesta comunidade tóxica e racista do Discord por muito tempo, assim como Flows […] aquelas palavras se tornaram um hábito imperdoável“. Também se pronunciou sobre a denúncia de assédio sexual: “Não são verdadeiras e há muita falsidade na narrativa de Flows. Quero mostrar com printscreens das nossas conversas“. Por fim, Koma ainda pediu desculpas: “Gostaria de me desculpar com qualquer pessoa que eu tenha ofendido ou falado mal nestes momentos. O ambiente ‘dócil’ da internet e a possibilidade confusa de poder falar o que se quer é traiçoeiro“.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: Twitter, Facebook e Instagram.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais

Anúncio