Siga-nos

Noticias

Pré-jogo: Vikings e Sharks protagonizarão decisão do VCB Finals

frz e gaabx são os destaques individuais dos finalistas

Arte por VALORANT Zone com fotos de Vikings e gaabx

Pré-jogo: Vikings e Sharks protagonizarão decisão do VCB Finals

Após seis dias de intensas disputas, o VALORANT Challengers Finals Brasil (VCB Finals) chega ao fim. Equipes que representarão o Brasil no VALORANT Masters da Islânia, Team Vikings e Sharks vão decidir a competição a partir das 17h (de Brasília).

Como parte da cobertura do torneio que vem sendo realizada pelo VALORANT Zone, a reportagem preparou um pré-jogo com as principais informações sobre as duas equipes.

OS FINALISTAS

Campeã do primeiro Masters, disputado somente por equipes brasileiras, Vikings é considerada atualmente como a principal equipe do país, mas não somente pelos resultados obtidos. Muito do sucesso do time se deve ao êxito do mesmo entender o atual meta do VALORANT e aplicá-lo para o estilo dos próprios jogadores, não somente copiando o que via dando certo fora do país – como por exemplo trazer, em algumas partidas os três últimos agentes lançados

É inegável dizer que a Vikings tem bons valores no plantel, mas a verdadeira força do time está no fato de que aprendeu a trabalhar coletivamente e não só dependendo de um ou dois jogadores para “carregar” os outros três. Prova disso é que não teve um integrante da equipe que já não tenha brilhado ou eleito como a peça fundamental para uma vitória ou uma boa campanha.

O estilo de jogo da Vikings não se resume às escolhas feitas pela equipe em relação a agentes, mas também como se porta no jogo. Como se adaptou ao atual meta, a Vikings não fica parada no mapa e com essa constante movimentação consegue pescar um ou outro adversário que avançou ou então entender pequenas falhas dos oponentes que podem ajudar na obtenção da vitória.

Trata-se da terceira decisão disputada por este elenco da Vikings. A equipe venceu as últimas duas, no Ultimasters AOC contra Imperial e Masters do Brasil versus Gamelanders.

Divulgação / Vikings

A Sharks foi uma das muitas boas equipes que surgiram nesta temporada, mesclando experiência de nomes que já vinham buscando um lugar ao sol na última temporada e nomes que migraram recentemente e explodiram, como é o caso de Winicius “light” Alves César. Este, junto com Wallacy “prozin” Sales, são os motores do time.

A entrada de light, inclusive, foi o turn point para a equipe e está e está não é uma opinião dada somente pela comunidade, como também pelos próprios integrantes do time já que chegou ocupando uma função que se apresentava como um calcanhar de aquiles nas derrotas sofridas, ajudando assim outros atletas melhorarem o próprio desempenho, como aconteceu com Gabriel “gaabxx” Carli.

Apesar dos lampejos individuais de alguns jogadores, o jogo coletivo é uma das principais características da Sharks, que também se rendeu ao “meta da informação” e aprendeu a masterizar as tendências que surgiram no jogo com as últimas atualizações, como a Viper. Contudo, contra as outras grandes equipes do cenário, ainda falta constância porque em certas MD3 ora vemos os Tubarões sendo dominantes, ora sendo dominados.

Essa é a primeira decisão da escalação pela Sharks, mas grande parte deste elenco foi responsável pela quebra da hegemonia da Gamelanders em decisões ao vencer a Aorus League #3. Outro título conquistado pela base dos Tubarões aconteceu na primeira Chroma Cup #1

Divulgação/Sharks

ESTATÍSTICAS

Estatisticamente, Leandro “frz” Gomes vem sendo o principal destaque da Vikings. O jogador possui a terceira maior pontuação média de combate (ACS), com 239.7, e lidera o ranking de KD com os incríveis 1.89 por conta das 102 eliminações e 54 mortes. Os números são do vlr.

Levando em consideração somente o VCB Finals, Sharks fez apresentação em Bind e Ascent. A equipe possui composições distintas para estes mapas, mas Raze e Sova servindo de base. As variações ficam por conta de frz, com Jett ou Phoenix, e Gabriel “sutecas” Dias, com Omen ou Astra.

Agentes utilizados nos mapas

  • Bind: Jett, Raze, Viper, Sova, Astra e Phoenix
  • Ascent: Jett, Raze, Sova, Astra, Killjoy, Phoenix e Omen.
VikingsACSKDADRKPRFirst Bloods
frz239.71.891550.8911
gtnziN229.71.25137.20.7915
Sacy228.81.59141.30.8114
saadhak220.81.29128.70.7414
sutecas194.21.20117.80.6932

gaabx vem sendo o principal destaque da Sharks na competição. Variando as escolhas que faz em Jett e Viper, dois agentes de funções opostas, o jogador conseguiu números sólidos como o segundo maior ACS do campeonato: 244. Eliminado 195 adversários e morrendo 157 vezes, o KD dele foi de 1.24.

Dos cinco mapas aptos para jogo no VCB Finals, Sharks só não jogou na Split. O melhor aproveitamento é na Haven, com duas vitórias em dois jogos, enquanto na Bind o time ainda não venceu

Aproveitamento nos mapas

  • Haven: 100% – 2 vitórias
  • Ascent: 75% – 3 vitórias e 1 derrota
  • Icebox: 33,3% – 1 vitória e 2 derrotas
  • Bind: 0% – 2 derrotas

Já em relação as composições utilizadas, apesar da Sharks ter estratégias distintas para cada mapa, grande parte destas gira em torno de Sova e Omen. Outras escolhas bastante vistas foram de Jett, Raze e Killjoy

Agentes utilizados por mapa

  • Ascent: Sova, Omen, Jett, Raze e Killjoy
  • Haven Sova, Omen, Jett, Phoenix e Cypher
  • Bind: Sova, Omen, Raze, Skye e Viper
  • Icebox: Sova, Sage, Omen, Jett e Raze/Reyna
SharksACSKDADRKPRFirst Bloods
gaabx244.61.24152.50.8843
prozin212.50.83136.20.6626
deNaro205.20.99139.50.6719
fra1820.95111.90.6717
light179.40.92113.40.6314

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Noticias