Siga-nos

Noticias

Equipes não podem vetar transmissão dos confrontos pela seletiva do VCB

Segundo as regras, decisão de transmissão é apenas dos casters e não existe poder de veto

As seletivas para o VALORANT Challengers Brasil (VCB) nem iniciaram e já está acontecendo discussões sobre a transmissão das partidas. Isso porque algumas equipes não permitiram que os respectivos duelos fossem passassem em stream, gerando um debate nas redes sociais. O debate começou após Guilherme “Tixinha” Cheida divulgar os times que não “autorizaram” a transmitir as partidas.

De acordo com as regras da competição, equipes, jogadores, streamers (vinculados a alguma equipe participante) e casters podem transmitir as partidas. No artigo 8.4.1 das regras do campeonato diz que: “Os casters oficiais do VALORANT Challengers Brazil poderão realizar transmissões dos confrontos em seus próprios canais, seguindo as diretrizes citadas acima. Os casters poderão acessar a sala de qualquer Partida para realizar a transmissão“.

Procurada pelo VALORANT Zone, a Riot Games informou que, “conforme o regulamento do VCB, é permitida a transmissão de todos os confrontos das Qualificatórias pelos casters do VCT-BR“. A empresa afirmou ainda que entende “que faltou clareza na comunicação desta regra entre o campeonato, os casters e os times, e pedimos desculpas por qualquer desentendimento ou problema decorrente deste ponto.

Isto posto, tanto a Riot, quanto os Casters do VCT-BR possuem o direito de transmissão das partidas das Qualificatórias, não havendo espaço para as equipes participantes recusarem tal solicitação“.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

A Riot garantiu que já está “reforçando esta informação a todos os times participantes das Qualificatórias do VCT-BR e junto aos casters”. Contudo, a empresa não foi clara se as equipes têm ou não o poder de vetarem a transmissão das próprias partidas.

O melhor jogador do Brasil em 2021 by VALORANT Zone, Gustavo “Sacy” Rossi comentou a situação, já que seu time “pANcada e amigos” foi um dos que negaram a transmissão. “Se realmente tem a opção de não ser transmitido o nosso jogo, eu vou optar por não ser transmitido. Não faz sentido streamarem apenas o nosso jogo, dando material para outros times que posso enfrentar e eu não vou ter VOD de nenhumde els”, escreveu.

Outros nomes da comunidade também defenderam a posição das equipes de não autorizarem os casters para esconder as táticas. Entre eles está o streamer e comentarista Coreano e Jean Ortega, co-fundador da LOUD.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais

Anúncio