Siga-nos




Noticias

pANcada e Tacolilla fazem remix de “Gira o Mundo”

No programa, Ponto em Comum, jogadores contam dos talentos na música

Que os jogadores profissionais de VALORANT são bons em trocar tiro, quase todo mundo sabe! Além do talento na profissão, Bryan “pANcada” Luna e Vicente “tacolilla” Compagnon também se destacam na música. Na última quarta-feira (17), a Riot Games publicou nas redes sociais mais um vídeo da série, Ponto em Comum, e mostrou a produção do remix da música Gira o Mundo, com a colaboração dos dois atletas.

A música Gira o Mundo, foi lançada pelo jogador da Sentinels, em outubro de 2022, após o anúncio da contratação para a organização norte-americana. A música fala sobre como conseguir se recuperar em momentos ruins e também como a vida pode mudar em questão de segundos.

Produzida originalmente por amigos de longa data de pancada, Jotagá e Tchello, a música já ultrapassou mais de 147 mil visualizações no YouTube. No programa, Bryan explica de onde surgiu a vontade de produzir a música e que os amigos o ajudaram pela pouca experiência com produções musicais.

“Meu amigo Marcelo, ele é bom com as batidas e a interface de mixagem, então ele fez a parada toda. Eu só canto e meu amigo Jotagá ajudou muito porque ele mesmo já tinha muitas músicas. Ele começou, porque, para ele era fácil fazer música e eu ficava de olho, tentando aprender e ver como funciona”.

Shannon Cottrell/Riot Games

Outro olhar

Do outro lado, o chileno Tacolila teve contato com a música desde cedo. Se não estava jogando, estava no quarto criando algo novo. Ele fez aulas de música na escola e sempre gostou de tocar guitarra. O jogador ainda contou ter uma banda, Los Refugiados, e que ele foi o guitarrista principal.

“Eu estava na banda da escola e tinha a minha a banda, e fazia aulas de música. Então eu estava mergulhado naquilo e aprendendo muito. E, foi naquela época que levei isso mais a sério, passei muitas horas nisso e gravamos tipo cinco, seis músicas”.

Shannon Cottrell/Riot Games

Produção entre tacolilla e pancada

Portanto, para finalizar, a Riot Games convidou os dois jogadores para fazer um remix da música e falar um pouco da história, por trás da vida profissional. Com pancada na voz e tacolilla na guitarra, os jogadores trouxeram as identidades individuais e produziram a nova colaboração.

De um lado, pancada afirma que é mais difícil fazer música, que jogar campeonatos importantes. Isso, porque o jogador da Sentinels vive os jogos desde a infância. Em um momento ele diz para Dash, “Eu só sinto o jogo. Agora, com a música? É novidade para mim”.

Do outro, tacolilla tem uma visão totalmente diferente. Por isso, o jogador chileno descreve a música como algo para ele e comenta. “Quando se joga, é uma competição, como em qualquer esporte, sempre vai ser meio que um lance de estresse e ansiedade em torno dos resultados e coisas assim, mas com a música é como compartilhar uma parte de si”.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Anúncio

Veja mais