"
Siga-nos

Noticias

“Não sentimos necessidade”, apontou dapr sobre adição de um treinador na Sentinels

Jogadores da Sentinels falaram sobre falta de necessidade de ter um treinador, mas apontaram desvantagens em não fazê-lo

Enquanto parte do cenário competitivo profissional de VALORANT tende a se profissionalizar e contar com diversos membros capacitados para a staff, a Sentinels vai na contramão de tudo que é feito. Campeã do VALORANT Masters Reykjavík, disputado na Islândia, a equipe nem sequer possui um treinador para comandar o elenco.

Em entrevista ao VLR, os jogadores falaram que ainda não sentiram a necessidade da adicionar uma figura que fique responsável pela criação e planejamento tático das partidas. “Poderíamos ter isso tudo se quisermos, mas realmente não sentimos a necessidade. Recebemos várias ofertas de bons treinadores, mas recusamos”, disse Michael “dapr” Gulino.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Contudo, o experiente capitão Shahzeb “ShahZaM” Khan sabe que isso poderá se tornar um problema no futuro, principalmente com o aumento da realização de torneios presenciais. Isso porque ele aponta que o papel do treinador no presencial seria de uma importância muito maior do que nas partidas disputadas online.

“Percebemos que os treinadores têm todo esse desempenho em LAN. Online, posso ter as anotações comigo e falar sobre as coisas e fazer uma pausa se eu estiver sem ideia ou algo assim. Na LAN, não temos um treinador que poderia pedir um tempo ou ler as anotações e coisas assim. Definitivamente, isso foi diferente para nós e acho que nos deu um pouco de desvantagem”, disse.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais