Siga-nos

Noticias

G2 libera jogadores para receberem propostas

Organização não conseguiu vaga no sistema de franquias

Os jogadores de VALORANT da G2 Esports revelaram, nesta quarta-feira (21) que foram liberados para explorarem novas opções no mercado. O anuncio vem horas depois da organização ter ficado de fora do sistema de franquias, que será implementado em 2023.

“Enquanto ainda estou contratado pela G2esports, eles me permitiram explorar minhas opções para a próxima temporada franqueada de VALORANT”, comunicou todos os jogadores pelas redes sociais. Sem a vaga na liga das Américas, a G2 Esports terá que jogar uma liga doméstica e tentar a classificação para conseguir uma vaga nas franquias no próximo ano, já que as ligas terão um sistema de rebaixamento e acesso.

A G2 Esports estava com vaga garantida na liga das Américas, de acordo com o Dot Esports e o jornalista Guillaume “neL” Ratier, contudo, a Riot voltou atrás após a polêmica recente envolvendo o CEO, Carlos “Ocelote” Rodriguez, que estava em um vídeo comemorando ao lado de Andrew Tate. O ex-kickboxer e influenciador é investigado por vários crimes, cárcere privado, estupro e tráfico humano.

Após a controvérsia, a Riot Games teria feito uma reunião de última hora para rever a vaga da G2 Esports, que foi retirada e dada para a Leviatán, organização da América Latina. Sem uma vaga nas maiores ligas do VALORANT, veja os jogadores que representaram a G2:

Denmark Auni “AvovA” Chahade
Spain Óscar “mixwell” Colocho
Finland Aaro “hoody” Peltokangas
Sweden Johan “Meddo” Lundborg
Lithuania Žygimantas “nukkye” Chmieliauskas

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais