Siga-nos

Especial

“Eu vou jogar como segundo duelista”, afirma murizzz em coletiva do Champions

Jogadores brasileiros concederam entrevista na tarde dessa terça-feira

Murillo “murizzz” Tuchtenhagen foi o representante da Vivo Keyd na coletiva pré-VALORANT Champions e esbanjou confiança ao falar do time. Perguntado sobre como foi a preparação e se estava confiante para avançar aos playoffs, o atleta disse que “nós estamos muito confiantes no nosso estilo de jogo. Nós treinamos muito e acredito que podemos ganhar de qualquer time no campeonato”

Ao ser questionado sobre como o bootcamp influenciou na preparação da equipe, murizzz disse que acreditar que o período de treino no exterior “fez a gente melhorar em vários aspectos que a gente estava tentando melhorar, como os fundamentos por exemplo. É muito difícil fazer isso no Brasil. Aqui todos os treinos são muito difíceis e isso é muito bom”.

Além disso, Murilo falou se continuaria exercendo a função de segundo duelista e se considera voltar a jogar de Sova após a adição de Leonardo “mwzera” Serrati na equipe. Confira o que o jogador respondeu:

“Sim, eu considero voltar a jogar de Sova, mas por agora, assim como no Masters em Berlim, eu vou jogar como segundo duelista e como flex”.

Por último, murizzz também comentou sobre a adaptação de mwzera ao time. O jogador disse que “a adaptação foi muito fácil. O mwzera é um ótimo jogador e é muito focado”, revelou.

Foto: Divulgação/Blizzard

Para responder às perguntas sobre a Team Vikings, Gustavo “sacy” Rossi foi o escolhido e logo de cara já se mostrou relutante à ideia de a Vikins estar em um grupo fácil. Sacy começou a entrevista dizendo que “nós somos os underdogs aqui no Champions”.

Ao ser questionado sobre como o time estava lidando com a ideia de ser um dos favoritos a avançar para os playoffs, Gustavo mostrou muito respeito aos adversários:

“Para nós, não estamos classificados para os playoffs. Não existe grupo fácil para nós. Nossa primeira partida é contra a Crazy Raccon, mas ainda temos Gambit e Team Secret. Eles não são times ruins, a Crazy Raccon não é um time ruim. Nós estamos pensando passo a passo. Primeiro estamos focados em ganhar da Crazy Raccon e só depois vamos pensar no próximo adversário”.

Quem esteve presente também foi Augustin “nzr” Ibarra, jogador da FURIA. O atleta começou a entrevista respondendo sobre como manter o bom momento construído no Last Chance e o trazer para o Champions. Veja:

“Nosso momento no Last Chance foi construído jogo a jogo até chegar aqui. Eu sinto que em todo campeonato que nós jogamos no Brasil, a gente aprendeu bastante. Além disso, nosso psicólogo fez um bom trabalho”.

Também foi perguntado ao jogador sobre como o time encara a pressão de jogar o seu primeiro evento internacional, sendo que a FURIA ainda está em um grupo muito difícil. Nzr foi curto e direto: “não sentimos nenhuma pressão”.

Para continuar acompanhando tudo que acontece no VALORANT Champions, não deixe de acessar o VALORANT Zone. Aqui você tem cobertura completa do campeonato mundial.





Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais

Anúncio