Siga-nos

Especial

“Fomos muito displicentes durante o jogo e merecemos perder”, apontou stk após eliminação da SLICK no VCB Finals

Treinador elencou os erros apresentado pela equipe versus Havan Liberty

Divulgação/AgênciaX5

“Fomos muito displicentes durante o jogo e merecemos perder”, apontou stk após eliminação da SLICK no VCB Finals

A SLICK é a primeira equipe a dar adeus ao VALORANT Challengers Finals Brasil (VCB Finals). A eliminação aconteceu neste domingo (2) após derrota para Havan Liberty por 2 a 0. Na coletiva pós-jogo, o treinador do time Jordan “stk” Nunes apontou as falhas apresentadas pelo time na repescagem: “Pecamos muito em desorganização, falta de atenção e na hora de finalizar. A maior culpa da nossa derrota de hoje foi a falta de atenção. Fomos muito displicentes durante o jogo e merecemos perder“.

De acordo com o treinador, os jogadores da SLICK sabiam como a Havan Liberty iria se portar na série, principalmente no primeiro mapa, Icebox, por conta do confronto anterior contra a Sharks, mas que mesmo assim o time acabava cometendo erros que não eram para acontecer, sendo assim punido pelo adversário.

Sabíamos que, provavelmente, o heat ou o liazzi iam tentar avançar e punir a gente dessa forma. Só que acabou que, dentro do jogo, tínhamos uma ideia de que os caras iam estar avançados, iam tentar marotar nos espaços que estávamos dando para eles. Só que na hora que a estávamos indo dominar os espaços, desligávamos”, opinou.

stk apontou que o time entrava com atenção nos inícios de round, mas que até a finalização “a gente desligava. Pecamos muito nessa desorganização e falta de atenção”.

Na valiação do treinador, o retake apresentado pela SLICK na Icebox “foi horrível em todos os rounds. Foi meio que displicência da nossa parte. Deveríamos ter jogado com mais seriedade. Basicamente isso, perdemos de forma displicente“.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Até a derrota para Havan Liberty, a SLICK vinha soberana em duelos contra os times considerados do Tier 2 nacional, enquanto versus os “gigantes” do cenário, o desempenho ainda ficava abaixo. stk vê isso acontecer por conta da oscilação apresentada pelo time: “Em alguns jogos a gente entra com mais seriedade e, em outros, a gente entra mais relaxado. É uma coisa que não pode acontecer. Temos que entrar ligados sempre, independente do adversário que estiver do outro lado. Por mais que sejam times, tecnicamente, Tier 2, ange tem que respeitar mais. Faltou mais atenção, respeitar um pouco mais. Entramos, talvez, com um pouco de soberba nessa partida e fomos punidos”.

Se para a SLICK o VCB Finals chegou ao fim, para a Havan Liberty continua. A equipe terá outra decisão pela frente contra o perdedor Gamelanders versus Sharks em confronto que está marcado para o dia 7 às 13h (de Brasília). Acompanhe a competição na cobertura do VALORANT Zone.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Especial