Siga-nos

Noticias

Eliminado junto à FURIA, xand afirma que torcerá por Vivo Keyd e Vikings: “Vão representar muito bem o Brasil”

Veja as coletivas de imprensa com Team Secret, Crazy Raccoon, KRU Esports, FURIA, Cloud9 e FULL SENSE

O quinto dia de partidas do VALORANT Champions contou com duelos decisivos para manter a permanência no evento, com partidas de Team Secret, Crazy Raccoon, KRÜ, FURIA, Cloud9 e FULL SENSE, que participaram da coletiva de imprensa. O VALORANT Zone participou e separou os melhores trechos abaixo.

Team Secret e Crazy Raccoon

A primeira coletiva foi com Jessie “JessieVash” Cristy Cuyco, do Team Secret, que comentou estar feliz com essa vitória contra a Crazy Racoon e que eles estão “empolgados para jogar contra a Vikings“, além de destacar os pontos dominantes da vitória da série contra a equipe japonesa.

“Nos conhecemos muito bem a Crazy Raccoon, treinamos bastante juntos na Ásia e a gente estava bem confiante sobre o que tinha que ser feito no jogo, como eles jogam e o que nós esperávamos.”

JessieVash também comentou sobre o duelo contra a VKS e disse “estamos bastante confiantes para jogar contra eles, desde que o grande foco de nossas scrims são contra times brasileiros e acho que estamos bem preparados“.

Já a coletiva com a Crazy Raccoon foi com o jogador Park “Bazzi” Jun-ki, que pediu desculpas aos fãs pelo desempenho, mas para ano que vem “busca voltar mais forte e se tornar um time que realmente tenha chances em eventos globais, que consiga vencer times do EMEA e NA“. Por fim, Bazzi ainda comentou que a Team Secret é um time que “eles tinham potencial para vencer“, mas “tiveram muitas dificuldades de mostrar o mesmo nível dos treinos e isso custou a vitória“.

KRÜ e FURIA

Representando a KRÜ Esports, o jogador Nicolas “Klaus” Ferrari apareceu nas coletivas de imprensa e falou sobre a evolução dos times brasileiros, que os “times brasileiros cresceram muito nesse tempo” que passaram na Europa, mas que a experiência em confrontos com brasileiros ajudou no duelo com os brasileiros.

Além disso, Klaus comentou sobre ser, junto com a Sentinels, uma das equipes que venceu partidas nos três eventos presenciais de VALORANT (Master 2, Masters 3 e Champions). “É muito difícil manter o nível, porque depende muito da confiança do time, do jogador e a estratégia feita. É muito difícil ser regular e acho que amanhã [contra a Sentinels] será quem joga melhor no stage“, finaliza o jogador da KRU.

Pela FURIA, Alexandre “xand” Zizi falou sobre o sentimento após a derrota na série, que se sente “meio vazio” e tem pontos que consegue tirar dentro do jogo. “Claro que vou tirar coisas positivas disso, como eu sempre fiz na minha vida, mas no momento ainda não tenho forças para isso“, comentou xand.

xand também falou sobre a importância do torneio para o time, pois foi o primeiro evento internacional de Gabriel “qck” Lima e Khalil “Khalil” Schmidt e foi logo o Champions. “Eles são bem novos, então o primeiro campeonato internacional deles foi logo dessa magnitude. Estou feliz por estar aqui, independente de tudo, é uma experiência gigantesca para o futuro e a próxima temporada.

Por fim, xand acredita que ambos os brasileiros, Team Vikings e Vivo Keyd, têm chances de passar e que estão jogando bem. “Acredito que no jogo da Vivo Keyd teve uma polêmica e acho que não foi justo, mas quem sou eu para falar se foi justo ou não. E a Vikings estava apenas a um round de vencer a Gambit, ambos vêm muito forte e agora, já eliminado, estarei torcendo para os dois amanhã, que eles vão representar muito bem o Brasil“.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Cloud9 e FULL SENSE

Da última série do dia, Anthony “vanity” Malaspina, da Cloud9, falou sobre como o time está se sentindo para enfrentar a Vision Strikers pela vaga nos Playoffs. “Eu acho muito difícil julgar em uma competição internacional quando você ainda não jogou contra eles“, disse vanity, que também ressaltou “que a Vision Strikers mostra excelência na categoria teamplay” e que terão que mostrar um alto nível para essa série.

vanity também comentou sobre a diferença de jogar em stage com a Cloud9 se comparado com a Version1. “Acho que a maior diferença é que temos pessoas que falam em qualquer tipo de situação“, comentou o jogador norte-americano como um grande ponto para seguir em frente.

Finalizando as sessões de coletivas de imprensa, Chanitpak “ChAlalala” Suwanaprateep, da FULL SENSE, também é um estreante e comentou sobre quem acha que será vitorioso no grupo. “Acho que será a Vision Strikers, tanto o poder de fogo quanto as estratégias são muito melhores.”

ChAlalala ainda destacou que vão começar a se empenhar mais em treinos para o ano que vem, pois o time foi criado com 5 amigos que conseguiram realizar um sonho de participar juntos do Champions. “Acho que vamos voltar para casa e praticar muito mais, porque antes de vir para cá não praticamos muito. Era um dos nossos maiores sonhos vir para o Champions juntos como 5 amigos.”

Além disso, ChAlalala comentou que no último round, que tomaram um desarme direto, tiveram um problema na comunicação com Nattawat “SuperBusS” Yoosawat e também no som que impossibilitou escutar o click da spike. “Foi um erro de comunicação de nossa parte, nós recuamos porque pensamos que SuperBusS tinha a ultimate, mas ele não tinha e também tivemos um problema técnico com nossos headphones.”

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
AS MELHORES ODDS
Carregando...
Ocorreu um erro ao carregar as partidas. Por favor, tente novamente.
Nenhuma partida encontrada
18+ Jogue com responsabilidade. Odds sujeitas a alteração

Veja mais

Anúncio