Siga-nos

Noticias

Conheça Crazy Raccoon, adversária da Havan Liberty no Masters Berlim

Saiba mais sobre aquela que é considerada a principal equipe do Japão na atualidade

Arte por VALORANT Zone com foto de Riot Games

Conheça Crazy Raccoon, adversária da Havan Liberty no Masters Berlim

Havan Liberty volta a atuar no VALORANT Masters Berlin nesta terça-feira (14), em busca da permanência na competição internacional. Para isso, a equipe brasileira precisará superar a japonesa Crazy Raccoon, em confronto previsto para acontecer a partir das 13h (de Brasília).

Assim como fez com os demais adversários das equipes brasileiras na competição, o VALORANT Zone produziu um artigo contando um pouco da história da Crazy Raccoon e o caminho do time até o torneio internacional que precede o VALORANT Champions, o mundial da modalidade.

ORIGEM DA CRAZY

A Crazy Raccoon surgiu no competitivo de VALORANT em julho do ano passado, com uma formação totalmente diferente da atual. Além do elenco para competir no FPS da Riot Games, a organização também está presente no Fortnite e no Apex Legends.

O atual elenco começou a ser formado no mesmo mês em que a organização começou a competir na modalidade, com a contratação do elenco liderado por An “Medusa” Min-cheol, antigo BAKEMON, após o mesmo terminar o RAGE Invitational, que valeu pelo Ignition Series.

Após um ano no competitivo, a Crazy Raccoon fez algumas mudanças esporádicas até que, em junho, realizou uma profunda reformulação no time, trazendo quatro reforços, entre eles o nipo-brasileiro Hideki “Fisker” Sasaki.

Korea Republic of An “Medusab” Min-cheol
Japan Yusuke “neth” Matsuda
Korea Republic of Byeon “Munchkin” Sang-beom
Korea Republic of Park “Bazzi” Jun-ki
Japan Teppei “ade” Kuno
Brazil Hideki “Fisker” Sasaki
Japan Daiki “Minty” Kato

CAMINHO ATÉ BERLIM

Crazy Raccoon é uma das participantes do Masters de Berlim que também disputaram a edição do torneio que aconteceu na Islândia. A equipe se classificou para o torneio internacional sendo vice-campeã do VALORANT Challengers 3 japonês após perder para ZETA Division – que também está neste Masters – por 3 a 2 na grande final.

No torneio regional, Crazy Raccoon fez campanha quase perfeita na fase de grupos, não conseguindo por conta do empate contra BlackBird Ignis. Mesmo assim, avançou para o mata-mata do Challengers com o Top 1 do Grupo B. Nada mudou no mata-mata, com o time sendo parado apenas na decisão para a ZETA.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

DADOS DE MAPAS

Considerando todos os torneios competitivos que a organização disputou, o VALORANT Zone fez uma análise detalhada para elucidar os principais mapas e agentes utilizados pela Crazy Raccoon. A equipe se mantém com boa taxa de vitória em quase todos os mapas disponíveis.

  • Bind: 10 vitórias e 9 derrotas (53%), com mais sucesso no ataque (57% de rounds vencidos)
  • Haven: 16 vitórias e 9 derrotas (64%), com mais sucesso na defesa (59% de rounds vencidos)
  • Split: 10 vitórias e 2 derrotas (83%), com mais sucesso na defesa (65% de rounds vencidos)
  • Ascent: 27 vitórias e 9 derrotas (75%), com mais sucesso na defesa (65% de rounds vencidos)
  • Icebox: 10 vitórias e 4 derrotas (71%), com mais sucesso na defesa (64%) de rounds vencidos)
  • Breeze: 3 vitórias e nenhuma derrota (100%), com mais sucesso no ataque (69% de rounds vencidos)

Ascent é o mapa no qual Crazy Raccoon se sente mais confortável já que atuou 36 vezes. É válido destacar que o lado defensivo é o mais forte do time em vários dos mapas, enquanto ainda não perdeu na Breeze.

AGENTES E COMPOSIÇÕES

Devido as mudanças de meta ao redor do mundo, foi considerado como base as composições utilizadas pela organização durante a participação no VALORANT Challengers Japão, já que os dados poderiam ser menos precisos se considerado todo o histórico de agentes utilizados desde o início da equipe no competitivo.

Na fase de grupos, Ascent foi o mapa que a Crazy Raccoon mais mostrou variação em composição, trazendo ao menos cinco diferentes, mas com a espinha dorsal contando com Jett e Omen. Inclusive, a Duelista é sempre picada pela equipe japonesa.

  • Haven: Astra, Jett, Killjoy, Skye e Sova
  • Split: Breach, Jett, Omen, Sage e Skye
  • Ascent: Astra, Jett, Killjoy, Skye e Sova
  • Icebox: Jett, Sage, Skye, Sova e Viper
  • Breeze: Jett, Sage, Skye, Sova e Viper

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Noticias