Siga-nos

Noticias

CeV não descarta retorno da paiN ao VALORANT: “A paiN não vai ficar fora disso, vai voltar no momento certo”

Treinador também comentou sobre o futuro da organização no VALORANT

O ex-treinador da equipe de VALORANT da paiN e, atualmente, trabalhando com a equipe de League of Legends da organização, Carlos “CeV” Picinato participou do Chat Aberto da ESPN Brasil e no programa comentou desde a criação do time até a saída do clube no FPS da Riot Games.

A paiN terminou 2020 em alta por ter vencido a segunda edição do Gamers Club Ultimate e ficado com o vice no First Strike, o primeiro presencial Brasil. Por conta disso, as expectativas em torno do time eram altas, mas a equipe demorou um pouco para engrenar nos primeiros meses da temporada, o que, segundo CeV, surpreendeu todos dentro do time.

Até para gente mesmo foi algo que nos surpreendeu negativamente“, disse o ex-treinador, que complementou dizendo que escolhas tomadas pela equipe ao final da última temporada impactaram na sequência positiva: a saída de Vinicius “Veroneze” Ribeiro e a ida de André “Txozin” Saidel para o banco de reservas por conta própria.

CeV explicou a mudança em relação a Veroneze, dizendo que foi uma decisão tomada por ele e Murillo “murizzz” Tuchtenhagen: “Nada contra a personalidade dele, muito pelo contrário. Ele foi o cara que nos levou para a final (do First Strike), mas eu e murizzz víamos o time de outra forma e a gente estava movendo muitas coisas para jogar no estilo do veroneze, a gente não queria isso”

Quanto a saída de Txozin, o ex-treinador foi categórico, afirmando que, pessoalmente, o impacto da alteração foi grande. Com todo o respeito a todos os controladores, o Txozin era um dos mais inteligentes (…) foi uma perca que nos abalou muito”, disparou.

O ex-treinador garantiu que a saída da paiN da modalidade não foi motivada por desempenho. “Uma coisa que eu afirmo aqui, a paiN não cobra resultado de nenhuma line, não pressiona os times. São bem compreensíveis. Não foi por falta de desempenho. Foi uma escolha da direção”.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Por fim, CeV comentou sobre o próprio futuro e o da organização no VALORANT. O gerente comentou que “estão acompanhando o cenário” e acrescentou que, “na minha opinião, VALORANT vai ser um dos maiores jogos do Brasil e a paiN não vai ficar fora disso. (…) A paiN vai voltar para o VALORANT, mas no momento certo. A direção da paiN é muito perita, sabe o momento de fazer as coisas”.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club

Veja mais

Anúncio