Siga-nos




Noticias

CEO da FURIA elogia equipe e critica calendário do circuito VCT

Equipe venceu três das últimas quatro partidas

Na noite do último domingo (7), a FURIA venceu o MIBR no clássico brasileiro e somou sua terceira vitória nos últimos quatro jogos. Apesar da grande fase, a equipe não pode mais se classificar aos playoffs do VCT Americas e, desta forma, não irá ao VALORANT Champions 2024.

Nas redes sociais, o CEO da FURIA, Jaime Padua, comentou sobre o desempenho da equipe e criticou o calendário da Riot Games no circuito VCT: “A FURIA do segundo split do VCT melhorou infinitamente e já mostra que fizemos boas escolhas na última janela. Uma pena que o formato com o volume baixíssimo de partidas seja tão punitivo para um começo ruim. Espero que a Riot reveja o calendário e traga uma agenda oficial mais ativa na próxima temporada“. A equipe brasileira terminou a primeira fase do torneio com cinco derrotas em cinco jogos.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebookInstagram.

Para 2025, a Riot Games confirmou, por meio de Leo Faria, diretor-geral do VALORANT Esports, que a próxima temporada será mais longa. Segundo o brasileiro, o VALORANT Champions, principal torneio do VALORANT que encerra a temporada competitiva do circuito VCT, acontecerá em outubro. A mudança visa evitar problemas com visto, um dos grandes impasses da temporada 2024 com equipes brasileiras e turcas.

A FURIA, apesar de já eliminada do VCT Americas, ainda tem um compromisso oficial em 2024. O elenco brasileiro enfrenta, no próximo sábado (13), a Leviatán, líder geral do torneio. O confronto, marcado para às 21h (horário de Brasília), encerra a campanha da equipe no torneio.

Perdeu alguma edição do Spike Plant ou quer apenas rever? Acesse nosso canal no YouTube ou confira a edição no Spotify!

Anúncio

Veja mais