Siga-nos

Especial

“A única coisa que vai fazer algo pela gente, é mais trabalho”, diz Gatti sobre os problemas envolvendo a Vorax

Equipe foi eliminada pela Pain Gaming nas quartas de final do VALORANT Masters

Divulgação/Vorax

“A única coisa que vai fazer algo pela gente, é mais trabalho”, diz Gatti sobre os problemas envolvendo a Vorax

No último domingo (14), o jogador Gustavo “krain” Melara desfalcou a Vorax devido à problemas de saúde e a equipe teve de arrumar um substituto para a disputa do VALORANT Masters. Anteriormente, em dezembro de 2020, a organização não disputou o presencial do First Strike por conta de alguns jogadores serem diagnosticados com COVID-19.

Em entrevista coletiva, o treinador Rodrigo “Gatti” Gatti comentou sobre os imprevistos indesejáveis que vêm cercando a Vorax nos últimos meses:

“A vida não vai ficar chorando pela gente para consertar o problema, a única coisa que vai fazer algo pela gente é mais trabalho”.

De última hora foi necessário conseguir um substituto para a vaga deixada pelo krain, Gatti comentou que a decisão teve de ser bem rápida:

“Foi bem repentino o que aconteceu. Infelizmente são coisas que fogem do nosso controle. A gente tentou se virar, quando a gente ficou sabendo o que estava acontecendo, primeiramente foi olhar as estatísticas, entender quem estaria à disposição.”

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

No entanto, o treinador acrescentou que não foi tão fácil encontrar um jogador à altura de krain já que existem algumas regras a serem seguidas nestes casos:

“A gente não pode pegar qualquer um. A gente não poderia pegar um player se ele estivesse participado do Challengers e isso restringiu bastante“.

O jogador escolhido por Gatti para substituir Krain foi o Gabriel “tockers” Claumann, ex-profissional de League of Legends. Na visão do treinador da Vorax, a escolha de tockers teve um tanto de sorte:

“A gente deu muita sorte de ter encontrado o tockers disponível, um cara experiente, campeão. Um cara que tem muito potencial, eu tenho que agradecer.”

Apesar da derrota por 2 a 1 contra a paiN Gaming, Rodrigo Gatti não acredita que a entrada de última hora de um novo jogador tenha afetado no resultado. Inclusive informou como teve de ser rápida a negociação para encaixar o tockers r na equipe:

“Nós fomos conversar com ele meio dia do sábado, que foi quando o médico avisou que o Krain não poderia jogar. O tockers soube entender muito bem as nossas características, jogamos bem a Bind. A derrota não foi culpa do tockers, ele foi muito bem.”

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Especial