Siga-nos

Noticias

5 Jogadoras para se observar no Game Changers Series Brasil 1

Veja quais atletas se destacaram nas últimas competições

Arte por VALORANT Zone

5 Jogadoras para se observar no Game Changers Series Brasil 1

Organizado e produzido pela Riot Games Brasil, o Game Changers Series Brasil 1 começará nesta quinta-feira (10) e vai até o dia 20. A competição de VALORANT será dividida em duas semanas e vai reunir as oito melhores equipes do cenário feminino. Serão 14 partidas, todas no formato MD3, entretanto, a final da chave superior e a final do torneio, serão disputadas em uma MD5. A equipe que se consagrar campeã, levará o prêmio de R$ 35 mil.

Como parte da cobertura do Game Changers Series Brasil 1, o VALORANT Zone preparou uma lista com cinco jogadoras para acompanhar durante a competição. A lista conta com nomes de jogadoras que se destacaram em campeonatos e seletivas pelas suas equipes.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do VALORANT? Então, siga o VALORANT Zone nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Paula “bstrdd” Naguil

Destaque do time da Gamelanders Purple, bstrdd teve atuações memoráveis nos últimos campeonatos e foi MVP da seletiva do Protocolo Gêneses 4, no qual a chilena se consagrou campeã ao lado da equipe. A jogadora terminou o classificatório com 301.4 de pontuação média de combate (ACS), um KD de 1.41 e 190 de dano por round (ADR).

A jogadora já defendeu o time feminino da Meta Gaming, antes de entrar para a Gamelanders Purple. Campeã mais de cinco vezes, a bstrdd deverá repetir o bom desempenho que teve desde a sua vinda para a organização brasileira. Com números fora do comum, é esperado que a jogadora fique entre as melhores do torneio e alcance a final do campeonato.

Camila “sayuri” Obam

Outro destaque da última seletiva, sayuri foi fundamental para a Havan Liberty. O time que ficou em terceiro e quarto no classificatório, foi liderado pela jogadora que terminou com um KD de 1.41 e KDA 2, com 110 eliminações, 78 mortes e 46 assistências no total.

sayuri já tinha mostrado as suas habilidades desde o Women’s Community Festival Masters (WCFM), no qual a jogadora terminou com 221,2 de de ACS. Além disso, sayuri ficou entre as melhores jogadoras nas seletivas do Protocolo Gêneses 2 e 3. Com uma equipe sólida e uma atuação de primeira, sayuri deverá auxiliar o time a se manter na chave superior.

Luisa “shyz” Minarelli

Recentemente anunciada pela B4 Esports, shyz faz parte da equipe desde 2020 quando eram Fire Angels. Vice-campeã do classificatório do Protocolo Gêneses 4, shyz mostrou uma ótima atuação nas seletivas. Na primeira edição, a jogadora teve o seu melhor desempenho em questão de números, com um KD de 1.48 e 282 de ACS.

Campeã do Women’s Community Festival e o WCFM, é esperado que a B4 Esports chegue nas finais do Game Changers Series Brasil 1 e reencontre as rivais da Gamelanders Purple para uma possível revanche.

Consuelo “Consu” Pilar

Jogadora da Stars Horizon, a chilena puxou a responsabilidade para si no último classificatório. Com uma atuação digna de ser lembrada, consu dominou com as agentes Astra e Viper. No Protocolo Gêneses 4, a jogadora ficou entre as melhores, com um KDA de 1.75, ACS de 251 e 151.7 de média de dano por round.

Fora isso, a jogadora já tinha mostrado bons números no Girl Pwr VALORANT 2, quando ainda defendia a tag da chikititaS. A equipe terminou em terceiro lugar e consu terminou o campeonato com um ACS de 245, KDA de 1,54 e um KD de 1.1. A chilena ao lado da Stars Horizon terá uma tarefa difícil de avançar na chave superior, a primeira partida é contra a Gamelanders Purple.

Bia “biazik” Begnossi

Campeã do VK Girls Championship, biazik foi a melhor jogadora do campeonato. Com incríveis 220 eliminações e apenas 150 mortes, a jogadora teve o maior KD da competição que foi de 1.44. Além disso, biazik foi uma das melhores nos abates iniciais com 37 First Bloods obtidos.

Pelo WCF, a jogadora teve um campeonato brilhante com a Vivo Keyd Athenas, com um ACS médio de 235,6 e 95 eliminações. Em entrevista ao VALORANT Zone, biazik já tinha citado que a meta da equipe era melhorar cada dia mais. Embora o caminho não seja fácil, a equipe deve passar pela Jaguares no primeiro confronto.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Noticias