Siga-nos

Especial

5 destaques do Metrópole Rivals Women’s Cup

Jogadoras que mais se destacaram no campeonato

Arte por VALORANT Zone

5 destaques do Metrópole Rivals Women’s Cup

O Metrópole Rivals Women’s Cup volta a ser assunto no cenário brasileiro de VALORANT neste fim de semana por conta dos confrontos finais, que começam a ser disputados neste sábado (17).

O VALORANT Zone fez um levantamento dos números individuais das participantes a fim de mostrar quais jogadoras se destacaram na competição até então.

NATÁLIA “DAIKI” VILELA

A pontuação média de combate (ACS) é a principal estatística do FPS da Riot Games e a integrante da Number Six, Daiki, é quem tem a melhor média na competição. A jogadora conseguiu acumular 1684 de ACS, com média de 336,8

Daiki se destaca também pelo fato de ter sido a única jogadora a ter ultrapassado os 100 abates no torneio. A integrante da Number Six conseguiu 110 eliminações e média de 22 por jogo, a maior do campeonato.

A jogadora também está no Top 5 de maiores KDs do torneio ao ter atingido de 1,66.

PAOLA “DRN” CAROLINE

Meta Gaming é uma das equipes que ainda não perdeu um mapa sequer no campeonato e essa boa campanha se deve à drn, a participante que aparece com os segundos melhores números do torneio.

Ao lado de Daiki, drn é uma das que conseguiu média de ACS acima de 300: 1200 no total em quatro mapas disputados. A média de eliminações da jogadora também é impressionante: 20,5 por partida e total de 82.

É importante destacar também o KD da jogadora, que com 1,67 se coloca no Top 5 do campeonato.

NATALIA “NAT1” MENESES

Nat1, sem sombra de dúvida, o nome da Fake do Fake no Metrópole Rivals Women’s Cup. Entre as semifinalistas, é dona da terceira maior média de ACS: 286 e total de 1430, conquistados em cinco mapas.

A também comentarista impressiona com a quantidade de primeiras eliminações – First Bloods – conseguidos até então; foral 19 e média de 3,8.

A jogadora está entre as dez participantes que mais mataram no campeonato, com média de 16,8 por partida e possui um dos maiores KDs: 1,55

AMANDA “MANDS” MAIA

É bem verdade que Garotas Infernais não chegaram às semifinais, mas mands deu tudo de si para que a equipe continuasse na briga pelo título. A jogadora é dona da terceira maior média de ACS no geral, tendo conseguido 293,25 em quatro mapas. O total foi de 1173.

A jogadora também foi uma das que mais mataram em todo torneio. A média de eliminações de mands foi de 19,25 e total de 77. Já o KD da atleta foi de 1,37.

ANA “ANINHA” LUIZA

A jogadora que conseguiu o maior KD do campeonato jogará as semifinais. É a Aninha da Tristeza E-sports, a única ter atingido 2.0, com 62 eliminações e 30 mortes.

Aninha foi uma das três participantes que menos morreram no torneio, ficando atrás somente de duas integrantes da Fake do Fake. É merecido destacar as vezes que a atleta plantou a Spike: 20 no total e cinco de média.

Tristeza E-sports, Meta Gaming, Fake do Fake e Number Six são as equipes que continuam na briga pelo título e você pode acompanhar tudo, a partir das 18h, em nossa cobertura.

Gamers Club
Parceira OFICIAL da RIOT GAMES no Brasil e tem como objetivo fomentar o cenário competitivo de VALORANT, com campeonatos e guias para você ter a melhor experiência.
Conheça a Gamers Club
Anúncio
Anúncio

Veja mais

Anúncio

Mais em Especial